TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Incêndio atinge apartamento após idosa esquecer celular carregando em colchão, no Ceará

Um incêndio atingiu, na manhã desta quinta-feira (6), o quarto de um apartamento localizado na Avenida Duque de Caxias, no Bairro Centro de Fortaleza. Segundo a moradora da unidade, uma idosa de 73 anos, o fogo começou em seu colchão após ela esquecer um celular carregando sobre ele.

Dois policiais militares que faziam o patrulhamento na região conseguiram subir até o local e apagar as chamas antes que elas chegassem a outro cômodo.

Dona Rute, a moradora do apartamento, disse que estava na igreja Santuário do Sagrado Coração de Jesus, perto do prédio onde vive, quando foi informada de que fumaça saia do seu apartamento. "Foi o carregador do celular, que estava em cima da cama ligado", disse a idosa, que não informou o sobrenome.

Nervosa, ela informou que usa um bilhete na porta de casa para se lembrar de desligar os aparelhos eletrônicos, mas o carregado do celular não estava na lista. O quarto dfoi tomado pelas chamas. Apenas uma máquina de costura não apresentou danos.

Ação rápida

De acordo com a capitã do Corpo de Bombeiros Juliany Freire, quando a equipe dos agentes chegaram ao local, as chamas já haviam sido debeladas. Segundo a oficial, o trabalho rápido dos dois policiais foi fundamental para que as chamas não se espalhassem para os outros compartimentos da residência.

"Eles [os policiais] fizeram todo o protocolo que o Corpo de Bombeiros sabe fazer e eles fizeram tudo correto. Usaram o sistema preventivo da edificação, armaram uma linha de mangueira, usaram extintor de pó químico e conseguiram debelar o fogo que ocorria no colchão", explicou a capitã.

Contudo, mesmo com o fogo controlado, foi preciso realizar o trabalho de rescaldo. "Tinha muita fumaça ainda. Fizemos também todo o trabalho rescaldo. Abrimos a janela para poder ventilar o ambiente".

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também enviou equipes para o local da ocorrência, mas niguém ficou ferido.

Nenhum comentário: