TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sábado, 8 de junho de 2019

"Impossível só uma criança fazer aquilo tudo com a outra", acusa mãe de criança agredida em creche, no Ceará

A mãe da criança agredida em uma creche de Fortaleza, na semana passada, acusa a equipe de negligência e disse, em entrevista, que as agressões causadas ao seu filho não parecem ter sido causadas por outra criança . "Acho impossível só uma criança fazer aquilo tudo com a outra, da mesma idade. Não sei. Se tiver sido uma criança, ou não, mesmo assim eu quero que elas respondam porque foi uma irresponsabilidade delas duas deixar uma criança fazer isso com a outra", disse ela, que preferiu não se identificar.

A criança, segundo a mãe, apresentou mais de 10 marcas de mordidas e arranhões ao sair da creche, no dia 29 de maio. Em nota, a Secretaria Municipal da Educação (SME) declarou que o "episódio foi um incidente ocorrido entre duas crianças da mesma sala e faixa etária". A secretaria afirmou também "que está em contato com a entidade que gerencia a creche para apuração e tomada de providências".

A mãe da vítima garantiu que não recebeu nenhum suporte ou contato da SME ou da gestão da creche após o fato. "Ninguém entrou em contato comigo pra falar nada, não". Ela questiona ainda o fato das duas professoras não terem sido afastadas após a denúncia. "Eu não gosto nem de passar perto de lá. Vem a sensação toda na minha cabeça. Sensação de injustiça. Elas estão lá ensinando ainda, continuam lá".

"Ainda estou me recuperando porque toda vida que eu lembro, falo, eu choro, porque ele é uma criança. Não sabe falar nada ainda, aí eu não sei o que aconteceu lá. Eu só queria saber mesmo e quero justiça", clama a mãe.

Exame de corpo de delito

A mãe do menino buscou auxílio do Conselho Tutelar, no dia seguinte às agressões, e foi conduzida até a Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca), onde formalizou um Boletim de Ocorrência.

O menino foi submetido a exame de corpo de delito, no Instituto Médico Legal (IML), e a mãe aguarda o resultado da perícia.

Nenhum comentário: