TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

terça-feira, 11 de junho de 2019

Ceará registra 19 óbitos relacionados à influenza em 2019

Doenças respiratórias são sempre complexas, pois são invisíveis e podem gerar quadros graves. Em 2019, até 6 de junho, 19 pessoas morreram por influenza no Ceará, de acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), por meio do boletim epidemiológico divulgado ontem (10).

Os casos representam 36% das 53 mortes ocasionadas por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) neste ano. Desse total contabilizado, sete foram em decorrência do subtipo A H1N1.

Os dados revelam quedas acentuadas em relação a igual período de 2018, quando foram registrados 144 óbitos por SRAG, dos quais 73 foram por influenza. Das mortes causadas por influenza, 57 tinham subtipo A H1N1. Quando se observam as notificações da doença neste ano, no Ceará, foram contabilizados 550 casos de SRAG; destes, 125 foram por influenza, sendo 44 pelo subtipo A H1N1. No ano passado, esse mesmo subtipo havia sido responsável por 308 notificações.

Nenhum comentário: