TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

segunda-feira, 6 de maio de 2019

Ceni vê "grande injustiça" em derrota do Fortaleza para o Botafogo

O treinador do Fortaleza, Rogério Ceni, se queixou do resultado após a derrota para o Botafogo. Para o treinador, o Leão criou chances para, pelo menos, sair da partida com o empate.

"O resultado foi uma grande injustiça. O empate ainda poderia ser mais justo, mas o time está de parabéns pelo jeito que jogou. Hoje foi uma grande infelicidade, não poderia ter saído daqui derrotado. Tivemos bola na trave, chutes perigosos e defesas do Gatito (goleiro do Botafogo)", destacou Ceni.

Sequência

O treinador comentou, ainda, sobre os próximos confrontos do Fortaleza. O Leão vai entrar na sequência "quarta, domingo, quarta, domingo" que assola o calendário do futebol brasileiro. "Temos Copa do Nordeste já no meio de semana, o São Paulo no domingo, então nós temos que rodar o elenco, que já não é grande".

Vale lembrar que a sequência citada por Ceni se completa com Athletico/PR, pela Copa do Brasil, no dia 16, e Chapecoense, pelo Brasileirão, no dia 18.

O calendário apertado fez Rogério promover mudanças no time titular para a partida contra o Botafogo. O treinador sacou Roger Carvalho, Paulo Roberto, Gabriel Dias, Marcinho e Edinho do time titular, promovendo a volta de Osvaldo e Tinga; e as entradas de Nathan, do estreante Juninho e de Romarinho.

Polêmica

Durante a partida, Ceni ficou muito irritado com a arbitragem. A justificativa dada pelo treinador foi o pênalti não marcado de Gilson em Wellington Paulista, mesmo com checagem do VAR, aos 40 minutos do primeiro tempo.

O lance de pênalti em Wellington Paulista não foi a única polêmica da partida. Aos 20 minutos, Quintero se chocou com Diego Souza dentro da área e os jogadores do Botafogo pediram a marcação da penalidade, mas, desta vez, o juiz nem foi checar o lance com auxílio do VAR.

Nenhum comentário: