TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

terça-feira, 30 de abril de 2019

Projeto que libera bebida nos estádios deve ser votado na semana que vem, diz Dr. Sarto

O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado José Sarto (PDT), confirmou ao Diário do Nordeste, nesta terça-feira (30), que será votado em plenário na próxima semana o projeto de lei, de autoria do deputado Evandro Leitão (PDT), que libera a venda e o consumo de bebida alcoólica nos estádios cearenses. Com parlamentares divididos, a disputa, agora, se dá entre eles para reunir votos contra e a favor da proposta.

A Assembleia lançou uma enquete no início do mês de março, no site oficial da Casa, para consultar o posicionamento da população cearense sobre o assunto. Até a segunda (29), mais de 60% dos votos são favoráveis à proposta.

No projeto de lei, Evandro Leitão defende que a regulamentação do comércio de bebida alcoólica nos jogos de futebol não vai contribuir para o aumento da violência, além de proporcionar maior rentabilidade aos clubes.

A matéria, no entanto, divide opiniões entre opositores e aliados de Leitão na bancada governista. Colega de partido, mas contrário à iniciativa, o deputado licenciado Zezinho Albuquerque (PDT), atual secretário de Cidades, trabalha nos bastidores, junto a um grupo de parlamentares próximos, para derrubar o projeto de lei.

Campanha

Ex-presidente da Assembleia, Zezinho é o criador da campanha Ceará Sem Drogas, uma das principais bandeiras da sua gestão no comando do Legislativo. Pessoas próximas a ele afirmam que o pedetista contabiliza ao menos 31 votos contra a proposta. Do outro lado, Evandro também se movimenta em busca de votos a favor do projeto.

A ideia de liberar a venda de bebida alcoólica nos estádios enfrenta ainda resistência entre membros da bancada religiosa da Assembleia, como Silvana Oliveira (PR), Apóstolo Luiz Henrique (Patriota) e Delegado Cavalcante (PSL).

O projeto já foi aprovado nas comissões técnicas da Casa e aguarda ser levado para votação em plenário.

Nenhum comentário: