TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Homem suspeito de atear fogo na mulher é encontrado morto dois dias depois

Dois dias após supostamente atear fogo na companheira, o comerciante Manoel Benedito Ribeiro, 65, foi encontrado morto no último domingo, 31, em residência ao lado de onde trabalhava, no bairro Riacho do Padre, em Baturité. O homem estava sozinho no local e foi achado morto, segundo o delegado Joel Morais, titular da Delegacia Regional de Baturité, responsável pelo inquérito do caso. A principal linha de investigação apura se o homem teria tirado a própria vida.

De acordo com o delegado, na última sexta-feira, 29, Manoel havia se envolvido em uma confusão com clientes do bar que administrava. Em meio à discussão, teria tentado arremessar álcool e queimar um dos adversário, mas acertou a companheira, que separava a confusão. Ela ficou com parte do corpo queimado e está internada no Instituto Dr. José Frota (IJF).

"Não consideramos nem como feminicídio, porque precisaria envolver violência de gênero. Neste caso, me parece muito mais homicídio tentado, porque poderia ser até contra o rapaz", explicou o investigador. Ele disse ainda que conversou com a mulher por telefone e conseguiu colher informações prévias sobre o então suspeito do crime. "Segundo apurei, ele estava passando por problemas de ordem psicológica. É uma tragédia em cima de outra tragédia", considerou Morais.

O suspeito fugiu do local do crime e estava escondido da Polícia. Conforme o delegado, ele pediu abrigo a um vizinho no fim de semana. Desde então, estava morando em uma residência ao lado do bar. Contudo, no último domingo foi encontrado morto.

Nenhum comentário: