TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Fortaleza recebe o Vitória pelas quartas de final do Nordestão

O Fortaleza encara hoje o primeiro mata-mata na caminhada rumo ao título inédito da Copa do Nordeste. É contra o Vitória-BA, às 21h30min, em casa, na Arena Castelão. O jogo é único: quem vencer leva. Em caso de empate, a vaga nas semifinais será decidida nos pênaltis.

Levando em conta apenas o retrospecto recente, o Fortaleza pode ser considerado amplo favorito. O Tricolor do Pici não perde desde a derrota por 1 a 0 diante do Horizonte, pelo Campeonato Cearense, em 27 de fevereiro. De lá para cá, foram oito jogos, com cinco vitórias e três empates. As últimas três partidas foram vitórias. Ratificando a boa fase, o time garantiu o primeiro lugar do grupo A da Copa do Nordeste e vaga na final do Campeonato Cearense, na qual aguarda o vencedor de Ceará x Floresta, na próxima quarta-feira, 10.

Do outro lado, o Vitória já está há dois meses sem vencer. São 11 jogos, acumulando nesse caminho eliminações no Campeonato Baiano e na Copa do Brasil. O time chegou às quartas de final do Nordestão sem uma vitória sequer — foram sete empates em oito jogos. Apesar disso, em entrevista coletiva concedida na sexta-feira, 5, o técnico do Vitória, Claudio Tencati, disse esperar um confronto equilibrado. De acordo com ele, que fará sua terceira partida no comando do Rubro-Negro, a equipe apresentou melhora no padrão de jogo nos últimos jogos.

"A gente entende que o Fortaleza é uma equipe que, neste momento, está vivendo um momento melhor, mas o Vitória chega com o peso da camisa, com o peso dos atletas que aqui estão. Então, na minha opinião, a chance de passar para as semifinais é de 50% para cada um. O Vitória tem condição de passar e de vencer lá. Se não ocorrer, estamos preparados para ir para os pênaltis". O treinador ainda destacou que acompanhou a vitória do Fortaleza sobre o Guarany de Sobral, por 1 a 0, na semifinal do Campeonato Cearense.

Tencati deixou em Salvador vários jogadores que vinham sendo aproveitados. É o caso do volante Rodrigo Andrade e do atacante Erick, que chegaram a jogar contra o Náutico-PE, em 30 de março, último compromisso do Vitória.

Ao todo, foram sete jogadores cortados da relação por questões técnicas, incluindo, o goleiro Ronaldo, titular sob comando do técnico Marcelo Chamusca, demitido em 18 de março último após a desclassificação no Baiano ainda na primeira fase. O atacante Felipe Garcia, contundido, também não joga. As novidades, por outro lado, são o lateral-esquerdo Capa e o volante Dudu Vieira, recém-contratados.

O Fortaleza, por sua vez, terá os desfalques certos de Éderson, Paulo Roberto, Derley e Matheus Alessandro todos lesionados. O time, porém, deve contar com o retorno do volante Felipe, homem de confiança de Rogério Ceni e que estava com uma lesão na coxa.

Até a manhã de ontem, 3.877 haviam sido vendidos antecipadamente, conforme divulgou a diretoria do Tricolor.

O vencedor do confronto entre Fortaleza e Vitória enfrentará o Santa Cruz-PE. Em casa, no sábado, os pernambucanos eliminaram o CRB-AL nos pênaltis, após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar. A outra semifinal será entre Náutico-PE, que eliminou o Ceará com o 2 a 0 no Castelão, e Botafogo-PB, que despachou o CSA-AL com um 3 a 1 em casa.

Nenhum comentário: