TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sábado, 30 de março de 2019

Para Ipece, avanço da economia em 2019 depende da Previdência

Os resultados da atividade econômica deste ano estão atrelados diretamente à condução da reforma da Previdência. Assim como em 2018, neste ano, os rumos da política vão interferir nos indicadores, principalmente, no Produto Interno Bruto (PIB).

Segundo o Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), a previsão de crescimento do PIB de 2019 gira em 2%, estimativa que também depende de uma boa quadra chuvosa. A expectativa é acima de 1,01% da taxa do ano passado.

"A reforma da Previdência é o principal indutor para um crescimento maior, mas no caso do Ceará também tem a questão do setor agropecuário. Apesar da diminuição dessa dependência das chuvas, isso ainda é bem considerável. A gente espera que as chuvas se consolidem e favoreçam também o setor de serviços", analisa Nicolino Trompieri, coordenador de Contas Regionais do Ipece.

O comércio ainda deve seguir a trajetória de crescimento, assim como o setor de serviços. Já a indústria cearense vai levar mais tempo para recuperar as perdas dos últimos anos. "A gente deseja que essa reforma seja aprovada quanto antes.

Se ela conseguisse ser aprovada no fim do primeiro semestre, com certeza tende-se a ter uma melhoria dos resultados da indústria no segundo semestre. Mas quanto mais ela demorar, mais difícil vai ser uma retomada consolidada de crescimento da indústria", pondera.

DN Online

Nenhum comentário: