TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quarta-feira, 27 de março de 2019

Autópsia aponta que bebê morreu por asfixia antes de ser atacada por animais, no Ceará

Autuada por homicídio após enterrar a filha recém-nascida viva, Raimunda Nonata Laurindo da Silveira, de 24 anos, está presa no município de Granja e deve ser ouvida pelo juiz no Fórum de Camocim, a 347 km de Fortaleza, município onde o crime ocorreu, nesta quarta-feira (27), uma semana após a ocorrência. A autópsia concluiu que a criança morreu por asfixia, antes mesmo de ser atacada por animais. O corpo foi encontrado por um tio.

Presa em flagrante, a mãe da criança foi indiciada e está a disposição da Justiça. Com o inquérito concluído na delegacia municipal de Camocim, o caso foi encaminhado para o Fórum da cidade. Além da acusada, quatro pessoas da família foram ouvidas.

“Ela está presa em Granja e nesta quarta-feira deve ser conduzida para uma audiência de custódia. De lá, o juiz decide se ela vai continuar presa ou não. Mas acredito que vá, devido a gravidade do crime. A nossa participação no inquérito já foi concluída”, explicou Cláudio Vasconcelos, delegado municipal de Camocim.

Nenhum comentário: