TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quinta-feira, 21 de março de 2019

Audiência Pública promovida pela Prefeitura de Iguatu e Ministério Público discute limpeza urbana da cidade

A Prefeitura de Iguatu e o Ministério Público realizaram no final da tarde de ontem (20), na Câmara Municipal uma audiência pública em que foi discutido questões envolvendo a limpeza urbana, o recolhimento e o destino do lixo. O evento contou com a participação do prefeito Ednaldo Lavor, do promotor de Justiça da Comarca de Iguatu, Fábio Ottoni, vereadores, secretários e um grande número de pessoas que superlotou as dependências do poder legislativo.

Dentre os encaminhamentos, a Prefeitura vai elaborar um plano com ações concretas objetivando melhorar a limpeza. Para o secretário da Seinfra, Jocélio Viana, a educação deveria ser a principal ação junto à população. “É preciso ensinar as pessoas sobre a importância da coleta do lixo. Tem que ser feita essa conscientização com ampla divulgação nas rádios e redes sociais. Só pretendemos multar nos extremos”, disse Jocélio.

O promotor de Justiça, Fábio Ottoni, foi catedrático ao afirmar que a Prefeitura de Iguatu tem por obrigação disciplinar a limpeza urbana, se for o caso, aplicando multas nas pessoas que não colaborarem com o serviço de limpeza.

De acordo com o prefeito Ednaldo Lavor, o município tem feito um esforço muito grande para manter a cidade com um aspecto agradável a partir do sistema de limpeza, porém está faltando mais zelo por parte de alguns moradores que insistem em colocar o lixo depois que o carro coletor passa.

O prefeito iguatuense deixou claro que os entulhos, certos tipos de podas e outros utensílios (televisores, colchões, etc) não são da responsabilidade da Prefeitura em recolher e sim de quem produziu. “Nós queremos essa parceria com o povo. Jamais, seria o nosso intuito em querer multar qualquer cidadão. Essa audiência foi importante para ouvirmos a sociedade e, desta forma, estruturar um plano de ação para todo o município”, disse Ednaldo.

Vários segmentos representativos de Iguatu participaram do evento. A imprensa também esteve presente e tem papel fundamental na divulgação das ações que serão implementadas a partir de agora. O Ministério Público vai fiscalizar a desenvoltura do plano com o apoio da sociedade e demais órgão governamentais e não governamentais.

Nenhum comentário: