TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sexta-feira, 22 de março de 2019

Amigo de Temer recebeu ao menos R$ 32 mi para ex-presidente, diz Lava Jato

Jefferson Coppola/Folhapress
O coronel João Batista Lima Filho, amigo de Michel Temer que também foi preso ontem, tinha carta branca para negociar propinas em nome do ex-presidente e recebeu pelo menos R$ 32 milhões em propinas em nome dele e de seu grupo político de 2010 até hoje. É o que afirma a força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro.

Lima é considerado pela PF (Polícia Federal) e pelo MPF (Ministério Público Federal) o principal operador de propinas do ex-presidente. A defesa de Temer entrou na Justiça com um pedido de habeas corpus. O coronel Lima sempre negou as acusações. O advogado Maurício Silva Leite, defensor de João Baptista Lima Filho, declarou estar "perplexo" com a prisão decretada.

Uol

Nenhum comentário: