TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Secretário de Recursos Hídricos do Governo do Estado, recebe o prefeito Ednaldo Lavor para discutir a situação de Iguatu

Preocupado com a crise hídrica que assola o município de Iguatu, o prefeito Ednaldo Lavor (PDT), se reuniu há poucos instantes em Fortaleza, com o secretário de Recursos Hídricos do Estado, Francisco Teixeira.

O objetivo foi cobrar celeridade de projetos de abastecimento d'água que foram protocolados na sede do órgão, dentre eles, o projeto básico de implantação de adutora de água bruta DN300 interligando a área de captação no Jaguaribe a ETA do Cocobó, bem como o projeto básico de melhoria do sistema de abastecimento de água da sede urbana do Município (adendo de complementação de manancial através da captação de água subterrânea na área do Julião).

De acordo com o prefeito Ednaldo Lavor, os projetos propostos obedecem às normas, especificações e métodos da ABNT, CAGECE E ENEL, independentemente de transcrição, que tenham relação com o objeto, e foram dimensionados de forma a atender a população iguatuense. "A alternativa mais viável encontrada pelos projetos propostos se resume em descartar provisoriamente a captação do manancial de superfície açude Trussu, que está muito próximo do seu volume morto. E executar obras complementares, visando à captação de água subterrânea através de poços nas Áreas de Captação do Jaguaribe e Julião", frisou o prefeito.

O secretário Francisco Teixeira, foi sensível as demandas apresentadas pelo prefeito Ednaldo Lavor e, prometeu acompanhar de perto a situação hídrica do município ajudando no que for possível. "Iguatu é a principal cidade da região Centro Sul e merece uma atenção especial em relação a problemática de água. De tudo faremos em parceria com a Prefeitura para resolver a situação", destacou Teixeira.

Em tempo

A irregularidade de chuvas e as elevadas temperaturas desde o ano de 2012 vêm comprometendo o armazenamento do principal manancial do sistema de abastecimento de água de Iguatu, o açude Roberto Costa (mais conhecido por açude Trussu), causando sérios problemas ao abastecimento da cidade.

Grupo de Contingência

O Grupo de Contingência Contra a Seca, que reúne os órgãos estaduais ligados à temática da água para debater, planejar e executar ações de convivência com a seca, se reunirá na próxima sexta-feira, dia 08, e colocará o projeto da adutora da Área de Captação Rio Jaguaribe até a Estação de Tratamento de Água em pauta para discussão e liberação dos recursos.

Participam do Grupo de Contingência – tanto de forma virtual, quanto presencial – vários secretários de Estado das pastas com interface com soluções hídricas, chefes de órgãos e autarquias, e o gabinete do Governador. O próprio governador Camilo Santana se reúne mensalmente com parte da equipe. A integração de toda essa equipe vem garantindo agilidade nas respostas e a obtenção de soluções para graves problemas de abastecimento.

O Projeto

O empreendimento contempla: adutora em PVC dúctil DEFoFo DN 300 de aproximadamente 1.450m, com a finalidade de conduzir uma vazão de 250m³/h de água bruta da área de captação do Jaguaribe até o local onde ocorrerá o tratamento e o custo será de aproximadamente R$ 1.300.000,00.

Nenhum comentário: