TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Se aposentar aos 50 anos no seculo 21 não faz o mínimo sentido, diz secretário do Tesouro

"Se aposentar aos 50 anos no século 21 não faz o minimo sentido", afirmou nesta quarta-feira (06) o secretário do Tesouro, Mansueto Almeida.

Segundo Mansueto, um dos principais nomes da equipe econômica chefiada por Paulo Guedes, o setor público não tem mais capacidade de arcar com aposentadorias precoces.

"Há coisas que não se justificam mais. As pessoas se aposentarem aos 50 anos nas décadas de 1950, 1960, poderia. Mas no século 21 não faz o mínimo sentido", afirmou.

A reforma é tratada como fundamental pelos economistas para ajustar as contas do governo federal e também as dos estados, em grave crise financeira. Muitos estão com salários do funcionalismo atrasados e devendo a fornecedores. Isso porque as despesas com aposentadorias e pensões crescem a um ritmo acelerado, que vai aumentar ainda mais com o envelhecimento da população.

Por isso, a idade de aposentadoria, hoje em média aos 55 anos (homens), deve ser elevada, na visão dos técnicos do governo. A equipe econômica estuda fixar uma idade mínima para homens e mulheres deixarem o mercado de trabalho.

Minuta de proposta de reforma que veio a pública nesta semana falava em fixar a idade mínima em 65 anos tanto para homens quanto para mulheres. O vice-presidente, Hamilton Mourão, no entanto, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro é contra à idade de alinhar homens e mulhres na mesma idade de aposentadoria, indicando que esse é um dos pontos que deverão ser revisados antes de a proposta definitiva chegar ao Congresso Nacional.

Mansueto afirmou que a escolha pelos mecanismos de correção das despesas da Previdência é de âmbito político, mas o objetivo é ajustar as contas do governo, deficitárias há cinco anos em meio a um crescimento acelerado da dívida pública.

Nenhum comentário: