TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Ministro Marcos Pontes homenageia estudantes cearenses premiados no exterior

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, recebeu nesta quarta-feira (13), em Brasília, os estudantes que integraram a Seleção Brasileira de Astronomia em 2018. Eles se destacaram em duas das principais competições científicas do mundo, a Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA) e a Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA), realizadas, respectivamente, no Paraguai e na China no final do ano passado.

Na OLAA, Caio Nascimento Balreira (17 anos, Fortaleza, CE), Katarine Emanuela Klitzke (17 anos, Timbó, SC), Vinícius Rodrigues de Freitas (18 anos, Fortaleza, CE) e Luã de Souza Santos (16 anos, São Paulo, SP) conquistaram a medalha de ouro. Gabriel Gandra Prata Gonçalves (18 anos, Vitória, ES) faturou a prata.

Na IOAA, Bruno Piazza (18 anos, Campinas, SP), ganhou a medalha de prata. Lucas Pinheiro (18 anos, Marília, SP), João Gabriel Stefani (18 anos, Fortaleza, CE) e Juventino Férrer (18 anos, Recife, PE) ganharam bronze. Sarah Melo (17 anos, Fortaleza, CE) recebeu menção honrosa.

Os professores Júlio Klafke (OBA/UNIP), que liderou a equipe na OLAA, e Eugênio Reis (OBA/SAB), que liderou a equipe na IOAA, também estiverem presentes na solenidade.

Seleção e preparação para OLAA e IOAA

Os candidatos brasileiros são inicialmente selecionados através das pontuações obtidas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) do ano anterior. Depois, passam por um processo de três provas online, e finalizam com uma bateria de provas presenciais.

Depois de selecionados, os estudantes participam de treinamentos intensivos, com astrônomos e especialistas, na cidade de Vinhedo, no interior de São Paulo. A programação é dividida em grupos de estudos, oficinas de atividades e observação do céu noturno, com e sem instrumentos, resolução de exercícios, realização de provas simuladas, construção e lançamentos de foguetes de garrafas PET.

Nenhum comentário: