TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Crise hídrica: Mais de 80% do abastecimento de Acopiara vem do açude Trussu

A Cagece, em Acopiara, mantém com esforço o abastecimento de água da cidade. O sistema opera com remanejamento entre os bairros. A principal fonte de abastecimento é o açude Trussu, em Iguatu, que está apenas com 3,8% de sua capacidade. Outros 20% são oriundos do açude particular Raimundo Morais. A barragem pública que abastecia a cidade permanece seca.

A água é transferida do Açude Trussu por meio de uma adutora até a Estação de Tratamento de Água (ETA) da Cagece, em Acopiara. “É uma adutora emergencial, que apresenta problemas pontuais de vazamento, mas são pequenos, nas juntas de união dos canos, e são logos corrigidos”, explicou o diretor regional operacional, Adeilson Rolim.

Se não houver recarga neste atual período de chuvas, o açude Trussu vai secar no segundo semestre. A Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) estima que em novembro próximo o reservatório deve apresentar volume seco. Atualmente a qualidade da água já exige mais esforço para o tratamento, adoção de elementos químicos.

“Mudamos a posição do flutuante, recentemente, no Açude Trussu, para captação de água em um ponto mais profundo, cerca de três metros de coluna de água”, disse Rolim.

Se o açude Trussu obter pelo menos 5% de recarga na atual quadra chuvosa (inverno) terá condições de atender com regularidade o abastecimento de Iguatu e Acopiara até a próxima quadra invernosa, em 2020.

DN Centro Sul
jornalista Honório Barbosa

Nenhum comentário: