TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sábado, 5 de janeiro de 2019

Iguatu tem carro queimado e tentativa de incêndio contra posto de combustível

Iguatu entrou na lista das cidades que sofreram ataques e tentativas de ações criminosas por integrantes de facções que agem no Ceará dede quarta-feira passada, espalhando o terror. O 10º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Iguatu, confirmou que na tarde desta sexta-feira, 4, um carro Fiat Strada, da empresa Endicon, placas OTI 7517, inscrição de Belém (Pará), a serviço da empresa concessionária de energia elétrica Enel, foi incendiado, no bairro Areias.

Na madrugada deste sábado, 5, houve uma tentativa de incêndio contra o posto de combustível Icavel, na rua Deoclécio Lima Verde, com Júlio Cavalcante, no bairro Areias II. Três coquiteis molotov foram arremessados por cinco homens que efetuaram três disparos. A ação dos criminosos não surtiu efeito e ninguém ficou ferido.

De acordo com o Quartel da PM em Iguatu, a ação ocorreu por volta de uma hora da madrugada. Cinco homens tentaram atear fogo no posto de gasolina Icavel. O vigia do posto, Edimar Ferreira do Nascimento, 57 anos, contou que os infratores jogaram três coquiteis molotov (garrafas pequenas com gasolina e um pano), mas não incendiaram o posto e ainda efetuaram três disparos de arma de fogo. O policiamento fez diligências, mas não conseguiu localizar os suspeitos. No posto, nem bombeiros e nem o gerente quiseram falar sobre a tentativa de incêndio.

Carro queimado

O veículo a serviço da Enel estava estacionado próximo à casa do motorista/operário da empresa, no bairro Areias. Um balde com gasolina foi encontrado próximo ao carro, pela Polícia. O fogo foi controlado por moradores que usaram extintores. O motor e a cabine do carro ficaram totalmente destruídos.
No início da noite desta sexta-feira, o veículo foi rebocado para o pátio da Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu. A Enel por meio de nota e a Polícia Militar confirmaram que o incêndio foi criminoso. O delegado de plantão, em Iguatu, Wesley Alves, disse que recebeu orientação do delegado regional para não falar sobre esses fatos.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário: