TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Governo do Ceará diz que não vai recuar no controle de celulares em prisões e quer celas sem tomadas elétricas

O Secretário da Segurança do Ceará, André Costa, afirmou nesta terça-feira (8) que os presídios do Ceará terão celas sem tomadas, uma forma de evitar o uso de carregadores e celulares por presos. O Ceará vive o sétimo dia de uma onda de violência com mais de 150 ataques, ordenados por chefes de facções de dentro de presídios. Em entrevista à Globo News, André Costa disse ainda que não vai "recuar um milímetro" do combate ao crime organizado.

A onda de ataques coordenada por chefes de facções criminosas teve início depois que o secretário da Administração Penitenciária do Ceará, Luís Mauro Albuquerque, prometeu uma fiscalização mais rigorosa nas prisões e o fim da divisão de detentos segundo a facção criminosa à qual pertencem.

Até recentemente, o Ceará não tinha uma pasta específica dedicada aos presídios – antes, eles estavam sob responsabilidade da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), hoje extinta. A Secretaria da Administração Penitenciária foi anunciada apenas em 1º de janeiro deste ano, quando tomou posse o governador reeleito, Camilo Santana. Ao criar o órgão, o governador declarou a intenção de dar mais atenção à segurança, área que ele considera um dos desafios do novo mandato.

André Costa afirmou que as medidas prometidas por Mauro Albuquerque serão mantidas e que a onda de violência é uma represália das facções à "forma como o governo está agindo".

Nenhum comentário: