TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Médicos cubanos que atuavam em Acopiara, Iguatu e Mombaça embarcaram hoje ao país de origem

A maioria dos 63 médicos cubanos que viviam no Cariri e no Centro-Sul do Ceará já deixaram o estado, segundo a coordenação do Programa Mais Médicos na região. Na noite desta terça-feira (27), os médicos embarcaram no Aeroporto de Juazeiro do Norte retornando ao país de origem.

Os profissionais estavam lotados nos municípios de Cedro, Acopiara, Iguatu e Mombaça.

Luis Angel, um dos médicos cubanos, falou sobre a experiência que viveu no Brasil e no Ceará. “É uma população muito carente. Os próprios médicos brasileiros não queriam trabalhar ali. Eles ficaram muito felizes de saber que iam ter um médico por tempo completo, de segunda a sexta, de 8h às 17h ali. Foi um sucesso pra eles. Fui muito bem acolhido por eles. Diria que foi bom demais. Chorei muito na despedida do posto”, contou.

Também destacando a experiência positiva, o médico Isnel Cabalero falou do acolhimento. “Acolhimento foi ótimo. A população, não tenho nada que falar contra eles. Tudo foi ótimo, a gente fez muita amizade com a equipe de trabalho. Foi maravilhoso”, ressaltou.

Segundo a coordenação do Programa na região, as vagas deixadas já foram preenchidas pelo edital lançado pelo Governo Federal, neste mês, para médicos brasileiros. O balanço mais recente do Ministério da Saúde aponta que 97,2% das vagas do novo edital já foram preenchidas em todo o país.

As inscrições vão até sete de dezembro e a apresentação do profissional ao município deve ocorrer até 14 de dezembro, quando o médico deve entregar todos os documentos exigidos no edital.

Nenhum comentário: