TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Deputados do PT pedem libertação de Lula após o sim de Moro a Bolsonaro

O sim de Sergio Moro para ocupar a pasta da Justiça do futuro governo de Jair Bolsonaro turbinou nas redes sociais. Deputados petistas, por exemplo, estão usando suas redes sociais para criticar a decisão do juiz federal de aceitar o convite.

Líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta citou a Operação Mãos Limpas na Itália, na qual Moro diz ter se inspirado nas ações da Lava Jato.

“A operação Mãos Limpas na Itália levou Berlusconi a governar a Itália. A #LavaJato levou Bolsonaro a ser eleito presidente. Mas os juízes e procuradores italianos tiveram pudor e não foram para o ministério de Berlusconi”, afirmou.

O deputado Paulo Teixeira pediu para que os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) anulem a condenação do ex-ministro Luiz Inácio Lula da Silva e concedam a liberdade ao petista.

“As razões da prisão sem provas foram escancaradas: Moro aceita convite para exercer o cargo de ministro da justiça de Bolsonaro!”, disse.

O deputado Lindbergh Farias classificou a decisão do juiz como um escândalo e disse que o gesto mostra que o magistrado nunca agiu de forma imparcial.

“Poucas coisas podem ser mais descaradas do que isto. Sempre alertamos que Moro atuava como militante, e não como magistrado. Depois de interferir no processo eleitoral, vira ministro do candidato beneficiado por ele. Em qualquer lugar do planeta isso seria um escândalo”, disse.

Nenhum comentário: