TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Acidente entre ambulância e caminhão pipa em Cariús deixa gestante e mais dois feridos; recém nascido foi transferido em estado grave

Um acidente envolvendo uma ambulância da secretaria de Saúde de Cariús e um caminhão pipa do município por volta de meio-dia desta quinta-feira, 8, na localidade Riachão, zona rural do município, deixou três pessoas feridas: a gestante de oito meses, Andressa Souza Silva, 21 anos, a mãe dela, Maria Procópio de Souza, 40 anos, com traumatismo craniano e fratura em um braço, e o motorista da ambulância, conhecido apenas por Virgílio, com fraturas em duas costelas.

O acidente ocorreu no trecho recém construído da CE 282 entre a cidade de Cariús e a localidade de Umarizeiras. O impacto maior ocorreu do lado do motorista da ambulância.

Inicialmente, as vítimas foram levadas para o Hospital Municipal de Cariús e em seguida transferida para o Hospital Regional de Iguatu.

A gestante passou por uma cirurgia cesárea e apresenta fratura na clavícula, mas o estado de saúde é estável. O recém nascido, um menino, foi transferido no início da noite para Fortaleza, em uma ambulância do Samu, em estado grave, após ter uma parada cardíaca.

A avô do recém nascido foi transferida para Barbalha, no fim da tarde, pois apresentava traumatismo encefálico e fratura em um braço.

De acordo com Nalva Benedito Firmino, parente da gestante, o acidente foi ocasionado após o caminhão pipa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que pertence ao município de Cariús sair de um açude e tentar fazer uma manobra sobre a rodovia. No local existe uma declive e possivelmente o motorista da ambulância não viu o caminhão. O motorista do carro pipa foi identificado apenas pelo apelido de ‘Neném’.

A gestante e a mãe, que estava como acompanhante, moram na localidade de Umarizeiras e foram a sede do distrito de Caipu, distante 7 km, fazer consulta de pré-natal. “O médico não sentiu o coração do bebê e solicitou uma ambulância para fazer a transferência para o hospital de Cariús, mas no meio do caminho aconteceu o acidente”, contou, Nalva Firmino. “A mãe ainda não sabe da situação do bebê, que ela quer dar o nome de Carlos Levi’.

Diário Centro Sul
jornalista Honório Barbosa

Nenhum comentário: