TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

terça-feira, 14 de agosto de 2018

24 milionários já buscam mandatos no Ceará; veja quem são

Quase 10% dos candidatos que já se registraram na Justiça Eleitoral em busca de cargos eletivos no Ceará possuem patrimônio de mais de R$ 1 milhão. Até a tarde deste domingo, 24 das 245 candidaturas oficializadas no Estado já haviam declarado bens na casa dos milhões.

Entre elas, nove são políticos em busca de reeleição. Somados, espólios dos milionários chegam a R$ 191,5 milhões. A cifra é puxada sobretudo pelo senador Eunício Oliveira (MDB) – dono de empresas da área da segurança e de uma fazenda de 21 mil hectares – que declarou sozinho possuir R$ 89,2 milhões.

Como o registro de candidaturas segue ocorrendo até esta quarta-feira, a expectativa é que outros nomes bem abastados surjam entre os aspirantes a representantes dos cearenses. Segundo o IBGE, renda média de moradores do Estado é de R$ 824.

Confira os candidatos que declararam bens superiores a R$ 1 milhão até agora:

Candidatos a senador

Eunício Oliveira (MDB) – R$ 89,2 milhões
Gaudêncio Lucena (MDB) – R$ 17,6 milhões
Edmilson Bastos (PSD) – R$ 5,1 milhões

Candidatos a deputado federal

Adail Carneiro (Podemos) – R$ 13,1 milhões
Alexandre Damasceno (Pros) – R$ 1,2 milhão
Crescencio Junior (PHS) – R$ 2,1 milhões
Fredy Menezes (Novo) – R$ 1,1 milhão
Genecias Noronha (SD) – R$ 19 milhões
Gomes Filho (Pros) – R$ 1,2 milhão
Major e Médico Dr. Haroldo (Podemos) – R$ 2,5 milhões
Marcelo Medeiros (Novo) – R$ 5,8 milhões
Moses Rodrigues (MDB) – R$ 3,2 milhões

Candidatos a deputado estadual

Acaci (PCdoB) – R$ 6 milhões
Agenor Neto (MDB) – R$ 1,8 milhão
Ana Angélica (PCdoB) – R$ 1,3 milhão
Diego Barreto (PTB) – R$ 1,1 milhão
Domingos Filho (PSD) – R$ 2,6 milhões
Dr. Ciro (Pros) – R$ 1,4 milhão
Heitor Férrer (SD) – R$ 2 milhões
Jarbas (PCdoB) – R$ 2,5 milhões
Leonardo Araújo (MDB) – R$ 2,5 milhões
Raimundão (MDB) – R$ 2,1 milhões
Roberto Mesquita (Pros) – R$ 6,1 milhões
Walter Cavalcante (MDB) – R$ 1 milhão

Fonte: O povo

Nenhum comentário: