TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

domingo, 1 de julho de 2018

Câmara outorga 13 títulos de cidadão iguatuense

Em sessão solene a Câmara Municipal de Iguatu (CMI) realizou a entrega de 13 títulos de cidadão iguatuense. A outorga é entregue a pessoas que se destacaram ao longo dos anos pelos relevantes serviços prestados em sua área profissional ao município. A ocasião contou com a participação de familiares dos homenageados, empresários, políticos e convidados.

O vereador Antônio Baixinho (PSB) destacou a pluralidade dos homenageados. “Sintam-se irmãos mais do que nunca de nós iguatuenses. Foram escolhas deliberadas de maneira unânimes. E acima de tudo acertadas”, declarou.

Já Marconi Filho (PROS) ressaltou que muitos já se sentiam iguatuenses de fato, mas agora são de direito. “Pessoas que fundamentaram o crescimento de Iguatu, cada um ao seu modo e na sua época. E deram aos seus filhos os mesmos ensinamentos e carinho por esse lugar”, citou.

O presidente do legislativo municipal, Mário Rodrigues (PDT), destacou que a casa vem sabendo reconhecer nomes que contribuem de forma significativa e ao seu modo pelo bem comum iguatuense. “O momento traduz a responsabilidade da câmara municipal de reconhecer oficialmente essas figuras que são merecedores e do respeito de nós que no momento fazem o poder legislativo”, afirmou.

Dentre os homenageados esteve Francisco Gildvan Oliveira Barreto que desde 2002 atua na área médica de ginecologia e obstetrícia em Iguatu. O agraciado declarou o grau de representatividade que a comenda possui. “É uma responsabilidade muito grande que se assume. É um dia de muita felicidade pra mim e minha família. Eu amo essa cidade”, afirmou o também coordenador da residência médica na Escola de Saúde Pública de Iguatu, homenageado pelo vereador Pedro Lavor (PDT).

A microempresária no ramo de panificação, Maria Socorro Viana, foi lembrada por meio do parlamentar Eudisvan Silva (PHS). Ela atua no seguimento há 10 anos na cidade. Natural de Cariús, Socorro Viana creditou a sua força de vontade em superar os obstáculos como fator preponderante para receber a homenagem. “Nunca recebi um diploma. Esse título em forma de reconhecimento tem o mesmo valor. Deixei muita coisa de lado. O prazer de viver uma juventude foi trocada por muita responsabilidade e desejo de superar os desafios”, disse.

Essa foi a primeira solenidade de outorga de título de cidadão iguatunese nesse ano de 2018.

Homenageados e proponentes

Antônio Sandriel Olinda Fernandes (Rômulo Fernandes), Aparecido Soares Antunes (Diego Felipe), Claudia Ângela de Souza Pereira (Mário Rodrigues), Francisco Gildivan Barreto (Pedro Lavor), Francisco Hélio Milhomens de Aquino (Ronald Bezerra), Francisco Willames Bezerra (Jozias Lucas), Jourdan Alencar Lopes (Antônio Baixinho), Maria Odila Henrique “Maria do Cabo Doca” (Mário Rodrigues), Maria Silvani dos Santos (Marconi FIlho), Maria Socorro Viana Silva (Eudisvan Silva), Maria Telma Mota Bezerra (Louro da Barra), Pastor Ítalo de Souza Moraes (Rubenildo Cadeira) e Simeya Nogueira Lopes (Marciano do Povo).

Diário Centro sul
jornalista Honório Barbosa

Nenhum comentário: