TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

terça-feira, 22 de maio de 2018

MP do Ceará deflagra terceira fase da Operação Cascalho do Mar

A Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (PROCAP), do Ministério Público do Ceará, e a Polícia Civil cumpriram nesta terça-feira mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão em Fortaleza e Pacajus (RMF),. Isso, dentro da terceira fase da Operação Cascalho do Mar, que investiga fraudes em licitações. Foram presos na ação os empresários Francisco Dager Mourão de Albuquerque e Wendel Felício de Albuquerque, que são, respectivamente, pai e filho.

Segundo a assessoria de imprensa do MPCE, os dois são investigados por atuarem como líderes de organização criminosa que fraudava procedimentos licitatórios para prestação de serviços diversos em prefeituras cearenses. Além das prisões, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em residências e empresas situadas nos Municípios de Fortaleza e Pacajus. Nas diligências, foram apreendidos aparelhos de celular, computadores, veículos e documentos, dentre outros objetos.

Em sua decisão, a desembargadora Lígia Andrade de Alencar Magalhães deferiu também o pedido de prisão preventiva formulado pelo MPCE de José Darlan Pereira Barreto, que se encontra preso em decorrência da Operação Malabares, desencadeada no dia 28 de março deste ano, e que foi um desdobramento da Operação Cascalho do Mar.

Alvos

Os presos Francisco Dager Mourão de Albuquerque e Wendel Felício de Albuquerque já foram alvos da Operação Linha Amarela, desencadeada em 2015, pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal por suposta prática de fraudes em licitações para contratação e execução de serviços de transporte escolar e locação de veículos.

A terceira fase da Operação Cascalho do Mar teve a participação de 10 equipes, contando com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), de promotores de Justiça de Fortaleza e do interior.

Eliomar 

Nenhum comentário: