quinta-feira, 18 de maio de 2017

Janot pede prisão de Aécio Neves e decisão irá ao plenário do STF; senador foi afastado

Há um pedido de prisão preventiva de Aécio Neves (PSDB-MG) requisitado pelo procurador-geral Rodrigo Janot ao Supremo Tribunal Federal (STF). O relator da Lava Jato no STF Edson Fachin decidiu submeter o pedido ao plenário da Corte. A análise do caso ainda não foi pautada na agenda do Supremo pela presidente do Tribunal, Cármen Lúcia. A informação é da colunista Jovem Pan Vera Magalhães.

Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, teve o afastamento do cargo de senador por Minas Gerais determinado em decisão de Fachin na manhã desta quinta-feira (18).

O Supremo também determinou nesta quinta a prisão preventiva de Andrea Neves, irmã do tucano. Ela foi presa em condomínio em Belo Horizonte (MG) nesta manhã, confirmou a Polícia Federal, ao contrário do que fora informado anteriormente.

Jovem Pan
Postar um comentário