TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

domingo, 17 de janeiro de 2021

Com preparação marcada por desigualdades na pandemia, 320 mil candidatos devem fazer Enem no CE

Originalmente previsto para novembro do ano passado, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 será neste domingo (17) e no próximo, 24 de janeiro, em sua versão impressa, para mais de 320 mil pessoas de todo o Ceará, distribuídas em 119 municípios. Já nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro, em caráter pioneiro, a versão digital será aplicada para 3.112 participantes de apenas três cidades: Fortaleza, Sobral e Quixadá.

Ao todo, o Ceará contabiliza 322.581 candidatos confirmados na edição, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), organizador da prova. O Estado é o segundo da região Nordeste com mais inscrições, atrás apenas da Bahia, com 444.742. No País, fica na sexta colocação. A novidade é a versão digital, cuja implantação será progressiva, com previsão de consolidação em 2026, conforme o próprio Instituto.

O Inep diz que, devido à Covid-19, a abertura dos portões dos locais de prova será antecipada em 30 minutos. Os participantes poderão entrar a partir das 11h30, no horário de Brasília - até a edição passada, era às 12h. Como medida preventiva, as salas terão ocupação de 50% da capacidade máxima. Além disso, salas especiais, com até 12 candidatos, serão destinadas a pessoas mais vulneráveis à doença, como gestantes, lactantes, idosos e com doenças crônicas.

O perfil predominante de candidatos ao Ensino Superior no Estado é de mulheres (55,8%), pessoas pardas (65,8%), com o Ensino Médio concluído (51,5%) e na faixa etária entre 16 e 20 anos (57%). Quem se encaixa nele é a estudante Samira Alves Ferreira, de 18 anos, uma das 3.308 pessoas que participarão do Enem em Canindé, a 110 km de Fortaleza.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário: