TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sábado, 26 de setembro de 2020

Bolsonaro apresenta evolução clínica e posa com camisa do Ferroviário após cirurgia em SP

O presidente Jair Bolsonaro apresenta “ótima evolução clínica”, conforme boletim médico divulgado na manhã deste sábado (26), pelo Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde o político está internado após passar por uma cirurgia na bexiga. As informações são do portal G1.

Em uma publicação compartilhada nas redes sociais pela primeira-dama Michelle Bolsonaro, o presidente aparece sorridente, fazendo um sinal de positivo com a mão. Na imagem, ele está vestido com uma camisa do time de futebol cearense Ferroviário Atlético Clube (FAC), de Fortaleza. Nesta manhã, os médicos retiraram a sonda para que Bolsonaro possa urinar normalmente.

"O Excelentíssimo Presidente da República Jair Bolsonaro segue com ótima evolução clínica e sem complicações cirúrgicas. Não apresenta sangramentos e está afebril. Foi retirada a sonda vesical para que ele urine espontaneamente. O paciente está recebendo hidratação oral e caminhando fora do quarto", diz o boletim assinado pelos médicos Leandro Santini Echenique, cardiologista, Leonardo Lima Borges, urologista, e Miguel Cendoroglo, Diretor-Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein.

Retirada de cálculo da bexiga

Bolsonaro deu entrada na unidade na sexta-feira (25), por volta das 7 horas, e o procedimento estava marcado para 10h30.Considerada de baixo risco, a cirurgia à qual o presidente foi submetido necessita de anestesia geral e foi feita pelo médico urologista Leonardo Borges, com acompanhamento de um cardiologista.

O boletim médico divulgado horas após a intervenção cirúrgica informou que Bolsonaro "foi submetido à intervenção cirúrgica de Cistolitotripsia endoscópica para a retirada de cálculo da bexiga. O procedimento foi realizado sem intercorrências, com duração de 01h30 e o cálculo foi totalmente removido. No momento, o paciente encontra-se estável clinicamente, afebril e sem dor", diz um trecho do boletim.

A previsão de alta do presidente ainda não foi informada pela assessoria do hospital. No entanto, os pacientes que são submetidos a esse tipo de procedimento costumam ficar internados por até 48 horas.

Nenhum comentário: