TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Alimentos: Ceará pode receber investimentos da Arábia Saudita

O Ceará poderá receber novos investimentos no setor de produção de alimentos nas próximas semanas vindos da Arábia Saudita. Segundo informações apuradas pela reportagem, o Estado estaria sendo apresentado a alguns empresários do país em questão pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que iniciou as tratativas. Contudo, ainda não há previsão do valor dos aportes realizados aqui ou as regiões do Ceará que serão focadas neste novo projeto.

Com as articulações ainda acontecendo no nível federal, o Governo do Estado espera pelo contato do Mapa ou dos empresários sauditas para iniciar o diálogo e chegar a um entendimento. Há uma expectativa de que a primeira reunião com os sauditas possa acontecer ainda nesta semana, mas não há nada certo ainda, segundo fontes.

"Estamos aguardando a reunião que eles (Ministério da Agricultura) ficaram de agendar sobre este assunto", comentou o secretário de desenvolvimento econômico e trabalho do Governo do Estado, Maia Júnior.

A reportagem apurou que todo o trabalho de prospecção de negócios está sendo feito pelo Ministério da Agricultura, que estaria apontando o Ceará como um bom local para receber os investimentos.

No entanto, o Ministério da Agricultura, ao ser questionado sobre o programa, disse apenas que a "Secretaria de Comércio e Relações Internacionais não tem conhecimento deste assunto".

Apesar da negativa, representantes do Estado ainda mantém a expectativa de que o projeto tenha seguimento, facilitando o contato com os empresários sauditas para possíveis investimentos.

Ainda segundo apuração com fontes ligadas à administração estadual, o Mapa também não detalhou ainda que tipos de alimentos seriam o foco inicialmente. A partir do momento que as tratativas passem para o nível estadual, mais informações devem surgir sobre o desenvolvimento do projeto e das parcerias.

Até agora, o Estado teria recebido apenas um contato inicial do Governo Federal sobre a sondagem desse possível investimento. "Foi apenas um contato. Devemos ter (uma nova sinalização) essa semana", disse uma fonte consultada.

Agronegócio

Com relação à produção nacional em 2020, na última segunda-feira (14), o Ministério da Agricultura confirmou que o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) deste ano deve ser de R$ 771,4 bilhões. O número representa um crescimento de cerca de 10% ante o resultado registrado em 2019.

Com base no desempenho da agropecuária no mês passado, as lavouras resultaram em R$ 519 bilhões. "Alguns produtos estão obtendo resultados nunca obtidos anteriormente", disse o coordenador-geral de Avaliação de Política e Informação da Secretaria de Política Agrícola, José Gasques.

DN Online 

Nenhum comentário: