TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Ceará chega a 212.484 casos confirmados de Covid-19, com mais de 8,3 mil mortes

Os casos confirmados de Covid-19 no Ceará chegaram a 212.484 e as mortes em consequência da doença são 8.376. O número de pessoas recuperadas é de 186.586. Os números são da plataforma IntegraSUS, atualizada às 11h11 desta sexta-feira (28).

O Estado contabiliza também 89.099 casos suspeitos e 607 mortes em investigação. Já foram notificados 631.160 casos do novo coronavírus. O número de testes realizados para identificar o vírus é de 625.457.

A letalidade da doença, proporção entre as taxas de casos e mortes, está em 3,9%. Uma morte foi confirmada nas últimas 24h.

O IntegraSUS aponta que a ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Ceará está em 63,52%. Nos leitos de enfermagem, a ocupação está em 36,04%.

Os municípios que apresentam maiores índices de incidência de casos confirmados por 100 mil habitantes são:

Acarape (9.484,9)
Frecheirinha (9.110,3)
Groaíras (6.315,5)
Chaval (6.021,9)
Moraújo (5.513,5)

Fortaleza lidera como a cidade com maior número de casos confirmados (46.547) e de mortes (3.778). A incidência na Capital cearense é de 1.743,8.

Em seguida está Juazeiro do Norte, com 13.838 diagnósticos positivos, 258 mortes e incidência de 5.046,6. Na Região Norte do Estado, Sobral possui 11.119 confirmações da doença e incidência de 5.321,8. O município é o terceiro em número de óbitos, com 295.

Caucaia, segunda cidade em mortes (329), concentra casos 5.551 confirmados e incidência de 1.536. Em Maracanaú, foram confirmados 6.289 casos e 236 óbitos, e a incidência é de 2.759,7. Maranguape tem 4.623 casos, 113 mortes e incidência em 3.584,3.

Os números divulgados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detecção da presença do vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.

Nenhum comentário: