TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

quinta-feira, 20 de agosto de 2020

Após 16 anos, Assembleia pode voltar a punir parlamentar nesta quinta-feira (20)

A Assembleia Legislativa do Ceará pode voltar a punir, após 16 anos, um parlamentar por infringir as regras da Casa. Desta vez, exatamente um ano desde que o Conselho de Ética abriu processo por quebra de decoro contra o deputado André Fernandes (Republicanos), deputados decidem nesta quinta-feira (20), em votação aberta em plenário, se aprovarão a suspensão por 30 dias do mandato de um dos principais aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Legislativo Estadual.

As últimas análises de processos disciplinares na Casa ocorreram 15 anos atrás. Em 2005, o Legislativo absolveu, por 23 votos a 16, o então deputado estadual, hoje federal, José Guimarães (PT) por suposto caixa dois na campanha eleitoral de 2002. Naquele mesmo ano, a então deputada Iris Tavares (PT) também foi absolvida em outro processo. A mais recente punição efetivada, no entanto, data de um ano antes: em 2004, o ex-deputado Sérgio Benevides chegou a perder o mandato, acusado de ter se beneficiado de desvio de verba da merenda escolar em Fortaleza.

No caso de André Fernandes, até esta quarta (19), segundo levantamento do Diário do Nordeste, seis deputados declararam voto a favor; nove, contra; outros oito se disseram indecisos e seis optaram por manter o posicionamento em sigilo. Os demais não responderam.

Nenhum comentário: