TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

quarta-feira, 8 de julho de 2020

Testes da Covid-19 feitos no Ceará caem 61,8% entre junho e julho

Caiu mais do que a metade o número de testes de Covid-19 realizados no Ceará entre a primeira semana de junho e o igual período de julho. A queda na quantidade de exames feitos, de 37.351 para 14.249, um decréscimo de 61,8%, ainda que possa ter uma relação com a diminuição de pacientes que buscam o serviço, afeta diretamente as estatísticas da doença no Estado, gerando um cenário de incerteza pelas possíveis subnotificações.

De acordo com os dados da plataforma IntegraSUS, na semana epidemiológica 23, referente ao período de 31 de maio a 6 de junho, quando começou a ser executado o plano de retomada da economia, o Ceará obteve 55,71% exames negativos (20.827 testes), 44,15% positivos (16.506 testes) e 0,05% em análise (18 testes). Já na semana 27 (28 de junho a 4 de julho), o levantamento aponta 64,65% exames negativos (9.215 testes), 35,24% positivos (5.023 testes) e 0,08% inconclusivos (11 testes).

Análise

No momento em que a Covid-19 passa por um processo de interiorização no Estado, testar mais pode ser uma ferramenta de controle para evitar picos como o que sofreu a Capital. Além disso, a reabertura econômica, em execução desde o início de junho, também reforça a necessidade de manter essa estratégia sanitária, segundo o epidemiologista e professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Keny Colares. "É muito importante a testagem para que o indivíduo possa fazer o acompanhamento de forma adequada e adotar as precauções do ponto de vista individual. As autoridades tomam os cuidados em termos de transmissão", explica.

Nenhum comentário: