TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sexta-feira, 17 de julho de 2020

Sem romarias, R$ 500 milhões podem deixar de circular

As romarias atraem milhares de pessoas todos os anos a Juazeiro do Norte. Devotos do Padre Cícero viajam de várias partes do Nordeste para venerar o Santo popular fundador da cidade. É nesse chão de fé, mas também de pujança no trabalho, que cresceu o maior município do interior do Estado, cuja economia é inflada com as movimentações financeiras ocorridas nas grandes celebrações católicas. Contudo, neste ano, o ciclo de romaria, que se inicia hoje (17), será celebrado de forma virtual, trazendo forte impacto econômico para o Município.

De acordo com estudo realizado pela Secretaria de Turismo e Romaria (Setur) de Juazeiro do Norte, cada romeiro gasta, em média, R$ 754, englobando alimentação, transporte, estadia e custos extras. Levando-se em consideração que a cidade recebe em torno de 770 mil pessoas nas quatro principais romarias, estima-se que meio bilhão de reais deixe de circular entre julho e fevereiro do próximo ano.

Nenhum comentário: