TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

domingo, 23 de fevereiro de 2020

Homicídios passam de 100 durante motim de PMs, no Ceará

Mais de 100 assassinatos foram registrados desde a quarta-feira (19), durante o motim dos policiais militares. Um entregador de um supermercado foi assassinado a tiros, na noite deste sábado (22), em frente à casa do pai, na Rua da Palha, bairro Açude, em Caucaia, na Grande Fortaleza. Uma equipe de reportagem do Sistema Verdes Mares constatou outros três homicídios apenas na noite deste sábado, com isso, sobe para 103 o número de assassinatos no Ceará entre quarta-feira e a manhã deste domingo, durante o motim da Polícia Militar do Ceará.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que, da 0h de quarta-feira (19) às 23h59min dessa sexta-feira (21), foram registrados 88 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). O Sistema Verdes Mares apurou com as delegacias e nos local das ocorrências mais 15 assassinatos, incluindo, o de um rapaz na brincadeira de mela-mela em Aracati.

De acordo com testemunhas, o entregador, de aproximadamente 24 anos, foi morto quando estava na calçada da residência. Ainda conforme moradores, o rapaz não era usuário de drogas e trabalhava como entregador de um supermercado na cidade.

> Com 37 homicídios, sexta-feira foi o dia mais violento dos últimos 8 anos

A polícia descobriu que suspeitos dentro de um carro não identificados estacionaram e informaram que era um assalto. Em seguida, já efetuaram vários disparos contra a vítima e fugiram sem levar nenhum objeto. Familiares acreditam que eles já chegaram para matar o rapaz. O pai do jovem é comerciante na região e falou que o filho era uma pessoa calma, sem antecedentes criminais e não recebia ameaças.

Residência invadida

Ainda em Caucaia, um outro homicídio foi registrado no sábado. Segundo testemunhas, dois suspeitos de moto invadiram a residência localizada no Planalto Caucaia e efetuaram vários disparos contra a vítima identificada como Francisco William Caetano Costa, de aproximadamente 48 anos.

Ainda conforme moradores, ele não tinha antecedentes criminais, trabalhava com vendas de produtos naturais e morava sozinho com a mãe que é uma idosa. Não há informações se a mulher estava no imóvel quando a ação criminosa aconteceu.

Nenhum comentário: