TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Hemocentro de Iguatu tem programação especial na Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue

A Semana do Doador de Sangue tem como objetivo homenagear as pessoas parceiras do Hemocentro que doam sangue voluntariamente ao longo do ano. Há unidades em Quixadá, Juazeiro do Norte, Sobral e Iguatu de hemocentros que integram a rede do Hemoce – o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará.

No núcleo do Hemoce em Iguatu, há em curso uma ampla programação. Na manhã desta quinta-feira, dia 28, está previsto para acontecer benção ecumênica, a partir das 8 horas, apresentação da bandinha do município e em seguida um café da manhã, sorteios de brindes, apresentações musicais e esquetes teatrais.

Na sexta-feira, 29, haverá oferta de serviços de beleza disponíveis aos doadores com instituições parceiras.

O Dia Nacional do Doador Voluntário é comemorado em 25 de novembro.

Na manhã desta terça-feira, 26, Adriana Bezerra da Silva, 33 anos, manicure, tirou um tempinho do trabalho para vir até a sede do Hemoce, no bairro Esplanada, em Iguatu, para doar sangue. Depois de passar pela triagem, a manicure fez a doação de uma bolsa. “É um gesto solidário, que acho importante e por isso venho aqui doar sangue pelo menos duas vezes por ano”.

Adriana faz esse gesto há mais de dez anos e foi incentivada pelo pai e irmão, doadores. No início, ao completar 18 anos, tentou doar, mas não tinha peso ideal.

José Lucas, garçom, também faz questão de ser doador voluntário. “Espero estar salvando vidas”, frisou. Ele morava em São Paulo e lá fazia doações e agora repete o gesto em Iguatu.

Muitas vezes as poltronas da sala de coleta ficam desocupadas. A ausência de doadores é uma situação que preocupa o Hemoce. A maioria das bolsas de sangue são captadas fora da unidade, em outras cidades, por meio de campanhas externas em que moradores são motivados a fazer doação de sangue.

“O Hemoce de Iguatu necessita diariamente de doação”, ressalta um dos coordenadores do setor de captação, Jório Maia.
A unidade depende de voluntários e de doadores de reposição. “Por isso são necessárias campanhas educativas motivando a doação voluntária de sangue”, defende Maia.

Uma só bolsa de sangue pode beneficiar até quatro pessoas, ressalta a enfermeira Kílvia Moreira.

O Hemocentro de Iguatu atende a 30 hospitais e a 25 municípios, além de dar suporte para todas as unidades da rede no Estado.

A média mensal de coleta de bolsas de sangue no Hemoce de Iguatu é de 400 e apenas 20% são oriundos de doadores voluntários.

Doador
Para ser um doador de sangue é necessário estar saudável, bem alimentado, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg e apresentar um documento de identificação oficial e com foto.

Todos os tipos sanguíneos são necessários, mas em especial os tipos ‘o positivo’, ‘o negativo’ e ‘a positivo’, são os que necessitam de mais doações.

Diário Centro Sul
Com colaboração de Wandenberg Belém

Nenhum comentário: