TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Heitor Freire tem emenda de R$ 180 milhões aprovada na Comissão de Trabalho

Menos 10 milhões de desempregados até 2022. Essa é a meta da equipe do governo federal. E as iniciativas adotadas para alcançar esse número já geram resultados positivos: no mês de setembro, por exemplo, levantamento do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) apontou a criação de mais de 157 mil (157.213) vagas de emprego formais, o maior resultado para o período desde o ano de 2013. O estudo ainda mostrou que todas as 27 unidades da federação apresentaram aumento de oportunidades formais, e o Nordeste foi a região de maior geração de empregos, com 57.035 vagas.

As boas notícias para quem busca oportunidade no mercado de trabalho formal não param por aí: o deputado federal Heitor Freire (PSL/CE) teve sugestão de emenda aprovada na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público. O montante é de R$ 180 milhões, que serão investidos na qualificação social e profissional de trabalhadores.

"Um profissional mais bem preparado fica seguro e confiante para disputar uma vaga de emprego em sua área. Sendo contratado, com certeza desempenha melhor suas funções, gera resultados mais satisfatórios, e ainda tem chances de ocupar posições de destaque na sua empresa. O mercado de trabalho está cada vez mais rigoroso e competitivo, por isso, a qualificação sempre faz a diferença no currículo”, declarou o parlamentar.

Na justificativa da proposta, Freire destacou que os recursos serão utilizados no fomento da qualificação profissional, em especial para públicos em situação de vulnerabilidade, de forma presencial e a distância, em articulação com os setores produtivos e com ações de intermediação de mão de obra no âmbito do sistema público de emprego.

"É necessário investir verbas sempre em áreas prioritárias, nas demandas onde a população é mais carente. O desemprego é um problema latente no nosso país, prejudica a vida de milhares de pessoas. Meu objetivo é ajudar os pais de família a sustentar a casa, ter uma vida mais digna, garantir a escola dos filhos, e isso só é possível se esses pais estiverem empregados, trabalhando, recebendo seus salários. Além disso, um profissional no mercado formal faz a economia girar, é um ciclo produtivo que merece receber justos recursos para que continue em ascensão”, garantiu o deputado federal.

A proposta aprovada na CTASP está incluída na Lei Orçamentária Anual de 2020.

Plano Verde Amarelo

O governo federal lançou o Plano Verde Amarelo que prevê, por exemplo, incentivar a contratação de jovens entre 18 e 29 anos, gerar R$ 1,8 milhão de empregos até 2022, flexibilizar regra de trabalho aos domingos, incentivar o microcrédito e efetuar mudanças jurídicas relacionadas a processos trabalhistas.

Nenhum comentário: