TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

terça-feira, 8 de outubro de 2019

Ciro diz que uma reaproximação com o PSDB de Tasso não é provável, mas seria um “reencontro”

“Não é provável que haja desdobramento eleitoral mas, se houver, algum dia, não será nada mais do que um reencontro”, disse, nesta terça-feira, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) ao ser indagado sobre troca de elogios com o senador Tasso Jereissati.

Desde a disputa eleitoral de 2010. quando o ex-presidente Lula optou por apoiar Eunício Oliveira (MDB) e José Pimentel (PT) para o Senado que os dois estavam afastados politicamente.

Ciro lembrou ter boa relação com Tasso, mas reiterou ser improvável a reaproximação. O cenário atual do País colocou o PSDB apoiando as reformas do governo Jair Bolsonaro, enquanto o PDT faz oposição.

Ciro e Tasso se reencontraram outra vez nessa segunda-feira, quando de um debate, na Assembleia Legislativa, sobre os 30 anos da Carta Estadual. Na época da promulgação da Carta, o tucano era o governador do Estado.

Sobre a disputa de 2022, ele reiterou que continua firme e trabalhando para sedimentar seu nome à Presidência da República. Vai passar os próximos 12 dias viajando pelo Brasil, em ritmo de palestras.

Nesta tarde de terça-feira, Ciro ainda terá compromissos em Brasília. Divulga um diagnóstico sobre a gestão Bolsonaro, dentro do chamado Observatório Trabalhista do PDT e, na parte da tarde, participará de audiência pública na Comissão Especial da Câmara que trata sobre endividamento dos brasileiros.

O ex-ministro expôs, na última campanha presidencial, uma proposta para recuperar a dívida dos brasileiros e é isso o que vai abordar nesse encontro, atendendo a um convite do deputado federal Idilvan Alencar, membro da comissão.

Nenhum comentário: