TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Torcida do Fortaleza contraria pedido da diretoria e faz festa no desembarque da delegação tricolor

De nada adiantou o pedido do presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, para que a torcida tricolor não fosse até o aeroporto receber a delegação do Leão, ontem à noite. Quando os jogadores chegaram ao desembarque, centenas de torcedores aguardavam, fazendo barulho. Funcionários do clube até tentaram despistar o público antes, informando que os atletas sairiam pelo aeroporto velho, mas ninguém saiu da frente do portão de desembarque até ver os primeiros jogadores.

O executivo de futebol do Fortaleza, Sérgio Papellin, foi o primeiro a aparecer. Ele veio em voo separado e chegou minutos antes do restante da delegação. Ele também afirmou que o grupo sairia pelo aeroporto velho, a pedido da Infraero, mas ficou esperando no saguão, tal qual a assessoria de imprensa e alguns seguranças do clube, o que deixou o torcedor desconfiado. Não demorou muito para Rogério Ceni e Marcelo serem avistados, denunciando que o desembarque seria por ali mesmo.

Por volta das 23h30min, os jogadores passaram rapidamente pelos torcedores, isolados por uma cordão policial. Eles não conversaram com a imprensa e atenderam poucos torcedores. Enquanto todos tentavam pelo menos uma foto com os jogadores, Ceni saiu pelo outro lado, escoltado por três seguranças. A torcida percebeu e correu para tentar chegar perto dele. O técnico foi acompanhado de perto por uma multidão até a porta de um táxi, ouvindo pedidos, aos gritos, para permanecer no Fortaleza.

Alguns jogadores, como o goleiro Marcelo Boeck e o lateral esquerdo Bruno Melo, demoraram mais a entrar no ônibus devido o assédio dos torcedores. Quando tudo parecia ter acalmado, Gustavo e Nenê Bonilha desceram do ônibus para ir ao estacionamento, pois iam embora de veículo particular. A torcida correu em disparada atrás dele e cercou o carro. O jogador baixou o vidro por alguns segundos e acenou para fotos.

O POVO

Nenhum comentário: