TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

domingo, 11 de novembro de 2018

Cavalgada ecológica percorre leito do Rio Jaguaribe em Iguatu

Com o objetivo de chamar a atenção para os problemas ambientais – despejo de esgoto, lixo, desmatamento da mata ciliar, no Rio Jaguaribe, em Iguatu, foi realizada na manhã deste sábado, 10, a II Cavalgada Ecológica. O evento reuniu cerca de 80 cavaleiros.

Inicialmente, o grupo reuniu-se sob a ponte centenária, ferroviária, onde houve uma bênção dos cavaleiros pelo padre João Batista Moreira. Depois seguiu em cavalgada por dentro do leito seco do Rio Jaguaribe até a localidade de Quixoá III, onde houve uma almoço de confraternização.

O padre João Batista observou: “Ao caminharem pelo leito, observem o desmatamento de sua mata ciliar, a poluição e relembrem a história nesse momento de resgate da cultura do vaqueiro, da preservação ambiental”, pontuou.
O idealizador do evento, Neto Braga, reforçou a preocupação com a preservação ambiental. “Aqui está a nossa história e memória”, disse. “Um rio que é agredido diariamente com despejo de dejetos”.

O evento contou com o apoio da secretaria de Cultura do município de Iguatu e do Gabinete do prefeito Ednaldo Lavor que cavalgou todo o trecho ao longo do leito do Rio Jaguaribe. “O nosso esforço é contribuir com essa luta em defesa do meio ambiente, da preservação do Jaguaribe”, disse. “No próximo ano, esperamos um maior número de participantes”.

Antes da cavalgada começar, o locutor de vaquejada, Francisco Firmino, fez uma oração em ritmo de aboio com louvores à padroeira dos vaqueiros e do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. O vaqueiro, José Oliveira, destacou a importância do evento.

Diário Centro Sul
Jornalista Honório Barbosa

Nenhum comentário: