TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Janaína Paschoal diz que abandona Jair Bolsonaro se ele se mostrar autoritário

Deputada estadual mais votada da história do Brasil, com mais de 2 milhões de votos de São Paulo, a advogada Janaína Paschoal (PSL) disse, nesta segunda-feira (8), que não se arrepende de ter recusado ser vice na chapa do presidenciável Jair Bolsonaro. Ela ainda rechaçou as críticas de que ele teria um viés autoritário. Janaína Paschoal, em entrevista ao Portal UOL, disse que “quem faz parceria com ditadura é o PT”.

“Quem defende que a Venezuela é uma democracia é o PT. Acho tão interessante, eles ficam presos no passado, mas as ditaduras do presente eles referendam”, declarou.

“Sou contrária a toda e qualquer ditadura, de direita, de esquerda, civil, militar, do passado e do presente. Sou defensora da Constituição Federal, sou contrária a essa história de chamar Constituinte, seja proposta do [Fernando] Haddad [presidenciável do PT], seja a proposta feita pelo vice [Hamilton] Mourão [vice na chapa de Bolsonaro]” afirmou.

Janaína também defende que continua apoiando Bolsonaro, mas que mudará sua posição que caso ele mostre seguir caminhos autoritários.

Nenhum comentário: