TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sábado, 13 de outubro de 2018

Ceará cria mais 4 mil vagas de trabalho em agosto de 2018; Iguatu tá na lista de melhores resultados

O Ceará criou mais de 4 mil vagas de trabalho no mês de agosto, segundo o Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado. De acordo com a pesquisa, em agosto de 2018, foram criadas 4.661 vagas de trabalho com carteira assinada. No interior foram computadas 3.295 vagas. Já na Grande Fortaleza 1.366.

Com o resultado, o Ceará ocupa a quarta posição no Nordeste e a oitava no Brasil na geração de empregos. O acumulado de empregos com carteira assinada até agosto de 2018 totalizou 15.175 postos. Fortaleza foi o município que mais contratou no mês de agosto deste ano com o saldo de 1.294 postos. Contribuíram para o bom resultado as atividades de ensino, comércio varejista, transportes e comunicação.

O estudo também traz a informação sobre a dinâmica da geração de empregos com carteira assinada para o acumulado do ano e até o mês em análise nos últimos nove anos. O acumulado até agosto de 2018 foi o primeiro positivo da série ajustada desde o agravamento da crise em 2015, assim é possível observar um encerramento do ciclo recessivo das contratações celetistas e o início de um ciclo de crescimento dessas. Pelos movimentos da série histórica, espera-se um maior ritmo de contratações nos meses restantes do segundo semestre.

O Enfoque Econômico nº 200 mostra ainda que sete das oito atividades apresentaram saldos positivos de empregos em agosto de 2018 no Ceará com exceção de SIUP. A maior contribuição foi novamente dada pelo setor de Serviços (+1.517 vagas), puxada pela atividade de ensino, seguido pelo Comércio (+1.056 vagas) e pela agropecuária (+950 vagas) para citar as três maiores. O Brasil, em agosto deste ano, apresentou um saldo positivo, entre admissões e desligamentos, de 110.431 postos de trabalho.

O setor de Serviços foi responsável por 60% do saldo mensal (66.256 vínculos), puxado pelas atividades de ensino e comércio e administração de imóveis, valores mobiliários e serviços técnicos. Somente a atividade da agropecuária registrou saldo negativo (-3.349 vagas).

Outras cidades cearenses tiveram bom saldo:

Várzea Alegre: 337 postos
Sobral: 290 postos
Granja: 276 postos
Limoeiro do Norte: 221 postos
Juazeiro do Norte: 217 postos
Icapuí: 205 postos
Iguatu: 165 postos
Aracati 151 postos
Maranguape 125 postos

Os municípios que apresentaram menores saldos negativos foram:

Aquiraz: -110 postos
Maracanaú: -80 postos
Senador Pompeu: -47 postos.

Nenhum comentário: