TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Suspeito do atentado contra Bolsonaro foi preso por um PM de folga à paisana

Adélio Bispo de Oliveira, suspeito do ataque contra o candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), foi preso por um policial militar mineiro que estava à paisana, adiantando que o agente estava de folga quando acompanhava o comício do deputado federal, no centro de Juiz de Fora. As informações são do Boletim de Ocorrência do incidente, e foram repassadas à BBC News Brasil pela sala de Imprensa da PM de Minas Gerais.

O PM responsável pela prisão levou Adélio até um prédio na rua Halfeld e o manteve em preso até a chegada de reforços, diz o B.O, já que os apoiadores de Jair Bolsonaro gritavam “vai morrer, vai morrer!” para Adélio. O nome deste agente que estava de folga não foi divulgado.

“Diante da situação, os militares se deslocaram para o local e se depararam com uma multidão gritando ‘vai morrer, vai morrer’ para uma pessoa que estava presa. Quando os PMS se aproximaram, foram informados de quem seria o autor, e de que ele estava contido no interior de um edifício da rua Halfeld”, diz um trecho do Boletim de Ocorrência.

Nenhum comentário: