TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Sete pessoas morrem em acidentes nas estradas do Ceará neste fim de semana, diz PRF

A Polícia Rodoviária Federal do Ceará (PRF-CE) registrou 18 acidentes com sete mortes nas estradas federais do Ceará neste fim de semana. Dezesseis ficaram feridas. O acidente mais grave aconteceu na cidade de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.

Cinco pessoas morreram em um acidente que envolveu um táxi, um ônibus e um outro veículo no km 26 da BR-222. O caso aconteceu na tarde de sexta-feira (31). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, as vítimas estavam todas à bordo do táxi. Quatro delas morreram ainda no local. O motorista do táxi intermunicipal foi socorrido por pessoas que passavam próximo ao ponto do acidente, mas morreu a caminho do hospital.

O condutor do terceiro veículo envolvido na colisão fugiu logo depois do acidente. O Corpo de Bombeiros foi acionado, pois havia pessoas presas às ferragens. A perícia e o rabecão também foram ao local.

Já no sábado (1º) pela noite um acidente envolvendo cinco veículos deixou uma pessoa morta no km 413 da BR-020, Município de Maracanaú, no Ceará. Outras quatro pessoas ficaram presas às ferragens com ferimentos graves. Elas foram retiradas e socorridas ao hospital.

De acordo com a polícia, o motorista de um dos veículos estava embriagado no momento do acidente, com o resultado do teste de etilômetro dando acima dos níveis permitidos. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Maracanaú. Ainda não há mais informações sobre os estados de saúde dos feridos.

E também no sábado pela noite, um pedestre foi atropelado, no Km 11 da BR-116 na cidade do Eusébio, na Grande Fortaleza. O pedestre morreu no local.

Desde sexta feira, 31, a PRF fiscalizou 2.657 veículos e pessoas. Foram lavrados 498 autos de infração, dos quais destacamos 72 por ultrapassagens proibidas. Doze CNH’ s e 66 CRLV’ s foram recolhidos. Vinte pessoas receberam auxílio das equipes de plantão. Dezessete animais foram retirados da rodovia.

Nenhum comentário: