TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

“Nem a pau, Juvenal!, diz Ciro sobre possível apoio a Fernando Haddad no 2º turno

“O Brasil não suporta mais um presidente fraco que tenha de consultar o seu mentor. Foi assim com a Dilma, uma pessoa honrada, mas sem experiência e maturidade política, eleita na popularidade do Lula e que, na hora da crise, nomeou Lula ministro. Se apertar, o Haddad vai fazer o quê? Ir para Curitiba?”, disse Ciro Gomes, candidato a presidente da República pelo PDT, em sabatina, nesta quarta-feira, promovida pela Rádio O POVO/CBN e do Portal G1.

Haddad disse na sabatina do UOL em parceria com a Folha e o SBT que, caso eleito, manterá visitas a Lula na prisão. “Considero ele um grande conselheiro e terá [em um eventual governo] um papel destacado em aconselhamento”, disse. “Jamais dispensaria a experiência do presidente Lula. Ele será meu interlocutor permanente, é uma pessoa que admiro profundamente e vítima de uma injustiça será reparada o quanto antes”, completou.

Perguntado na sabatina desta quarta-feira (19) se pensa em apoiar Haddad em um eventual segundo turno entre o petista e Bolsonaro, Ciro disse que ainda não pensa neste cenário. “Nem a pau, Juvenal! Eu ser vice dele [Fernando Haddad]? Em nenhuma circunstância… O Haddad aceitou desenvolver um papel que eu considero que o diminui profundamente. Esse papel foi oferecido a mim, esse é um fato real. O Lula – via Dilma Rousseff, via Roberto Requião, via Gleisi Hoffmann– me cercou por todos os lados para eu aceitar ser o vice dele de araque”, disse.

Desde que foi oficializado como candidato do PT, em 11 de setembro, Haddad subiu de 8% para 19% nas intenções de votos segundo pesquisa Ibope divulgada na última terça-feira (18). Jair Bolsonaro (PSL) lidera com 28% e Ciro aparece em terceiro com 11%.

Nenhum comentário: