TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Petistas do Ceará recorrem de decisão que beneficia Eunício

Resultado de imagem para Luizianne Lins e grupo de petistas do ceará
Um grupo de 14 dirigentes petistas do Ceará liderado pela deputada Luiziane Lins (PT-CE) vai protocolar nesta quinta-feira, 2, um recurso ao Diretório Nacional do partido pedindo a revogação da decisão que impede a candidatura do senador José Pimentel (PT-CE) e abre caminho para a reeleição do presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), nas eleições 2018.

"A resolução do PT Ceará resulta em deixar as duas vagas livres para facilitar a eleição de Cid Gomes e, informalmente, a de Eunício Oliveira. Não podemos esquecer que o MDB de Temer, principal articulador do golpe juntamente com Eduardo Cunha, conspirou com o PSDB e executou o plano que derrubou o governo legítimo da nossa presidenta Dilma Rousseff, com voto favorável do Senador Eunício Oliveira, fato que gera, com a destinação da vaga ao Senado, um grave sinal de desconfiança ao conjunto da sociedade brasileira e, especialmente, do Estado do Ceará ", diz trecho do recurso.

Na semana passada, o diretório estadual do PT do Ceará aprovou uma resolução na qual abre mão das vagas ao Senado na chapa do governador Camilo Santana (PT). A decisão foi interpretada como um acordo branco entre o partido e Eunício, que votou a favor do impeachment de Dilma.

"Nós fazemos isso porque acreditamos que o partido não pode reduzir de tamanho", disse Luiziane.

Em suas redes sociais, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), negou que o partido vá apoiar o "golpista" Eunício mas dirigentes petistas, em conversas reservadas, dizem que a resolução faz parte de um acordo entre o presidente do Senado e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Lava Jato.

O Diretório Nacional do PT vai se reunir em São Paulo na sexta-feira, 3, véspera do Encontro Nacional que deve reafirmar a candidatura de Lula à Presidência. Segundo a deputada, Gleisi se comprometeu a colocar o assunto em pauta.

O recurso dos petistas do Ceará é o segundo em menos de dois dias. Nesta quarta-feira, 1.º, dez integrantes da Executiva Nacional do PT que representam correntes da chamada esquerda petista decidiram recorrer ao Diretório Nacional da decisão que barrou a candidatura da vereadora Marília Arraes (PT) ao governo de Pernambuco.

Terra

Nenhum comentário: