TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Lotéricas deixarão de receber contas de luz a partir do dia 5 de agosto

As casas lotéricas não receberão mais pagamentos de contas de luz no Ceará, a partir do próximo dia 5. A medida é motivada pelo encerramento do contrato de arrecadação da Caixa Econômica Federal com a Enel Distribuição, devido ao reajuste de cerca de 40% proposto pela Caixa na tarifa cobrada para receber as faturas nas lotéricas. Para se ter uma ideia, o valor proposto pela CEF chega a ser 60% acima do atualmente praticado em canais semelhantes de outros bancos. Informa a assessoria de imprensa da empresa do setor elétrico.

Como alternativa às lotéricas no Ceará, que contavam com cerca de 377 pontos, a Enel está disponibilizando mais de 2 mil agentes arrecadadores no Estado para pagamento das contas de luz, como supermercados, farmácias ou grandes comércios, por exemplo. A lista completa dos 2.190 pontos de arrecadação disponíveis no Ceará está disponível no site da distribuidora (www.eneldistribuicao.com.br).

A Enel oferece ainda aos clientes de bancos conveniados (Banco do Brasil, Santander, Bradesco e Caixa Econômica Federal) a possibilidade de cadastrar suas contas em débito automático pelo site da companhia, pela Central de Atendimento (0800 285 01 96) ou em uma das lojas de atendimento da distribuidora. É possível também realizar o cadastro pelos canais de atendimento (Internet Banking, app ou agência) dos próprios bancos.

O debito automático é uma comodidade oferecida pela distribuidora e conta com, aproximadamente, 90 mil clientes em todo o estado.

O cliente que optar por não cadastrar em débito automático também pode pagar a fatura por meio do serviço de Internet Banking e canais de autoatendimento (caixa eletrônico) dos bancos conveniados, desde que seja correntista. A companhia reforça que a Caixa Econômica continua recebendo pagamento das contas de luz de correntistas do banco em seus canais eletrônicos – o contrato só está sendo encerrado apenas para arrecadação nas casas lotéricas.

Nenhum comentário: