TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Camilo diz que aliança com Eunício foi decisão democrática

Às vésperas de ser oficializado candidato, o governador Camilo Santana (PT) participou de reunião com o prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o secretariado municipal, na manhã desta sexta-feira, 3, n Gran Mareira Hotel. A dois meses das eleições 2018, Camilo respondeu ao PT nacional sobre a aliança com Eunício Oliveira (MDB).

No último dia 31, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, disse que o Diretório Nacional do partido irá analisar recurso contra a decisão da legenda no Estado de não indicar nome ao Senado Federal nas eleições deste ano. Ela afirmou que o governador terá de responder sobre o acerto com o MDB. No sábado passado, 28 de julho, o partido no Ceará decidiu não ter candidato a senador.

A estratégia foi articulada pelo governador para facilitar a reeleição do senador Eunício Oliveira (MDB-CE). Ao ser questionado, Camilo não respondeu como funcionaria a aliança informal no Estado. Respirou fundo e falou apenas que “o PT decidiu, aqui no Ceará, democraticamente”.

Para a campanha pela reeleição, ele forma chapa com a vice-governadora Izolda Cela (PDT) e o ex-governador Cid Gomes (PDT), candidato ao Senado. “Izolda é uma mulher extraordinária que tem dado grande contribuição, além de representar as mulheres cearenses”, elogia.

“É uma mulher que teve papel fundamental para a educação cearense no combate à violência no Ceará”, continua. “E ex-governador Cid é um grande homem público, foi um grande governador”. Já o prefeito Roberto Cláudio classificou a chapa como “uma das melhores, com homens e mulher públicos valorosíssimos”.

São duas vagas para o Senado, mas a chapa lançou apenas um nome. O outro nome é Eunício, que tem apoio declarado de Camilo, embora esteja fora da coligação oficial.

Nenhum comentário: