TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Wesley Safadão chora em desabafo na rede social: "Me dói muito"

Wesley Safadão usou o seu Instagram para fazer desabafo em sua rede social sobre a batalha que trava com a ex-mulher Mileide Mihaile na Justiça a revisão do valor da pensão do filho Yhudy. A influencer diz que o ex, que pagava 10 salários mínimos de pensão (algo em torno de 9 mil), passou a incluir a mensalidade da escola de R$ 2.600, que antes ele pagava por fora, no valor. O cantor negou, por meio de sua assessoria, que teria reduzido o valor da pensão. 

"Boa tarde! Vocês sabem que sou um cara que trabalho muito e gosto de espalhar a alegria. Esse é o dom que Deus me deu. Mas hoje aqui venho abrir meu coração sobre uma angústia muito grande. Quando somos pessoas públicas, nossas vidas acabam se tornando uma vitrine, faz parte do meu trabalho e entendo muito bem. Mas algo que me dói muito é ver que estou sendo julgado sobre esse assunto da minha vida particular mesmo sem eu ter me pronunciado", começou o cantor.

"Em toda história que se conta existe os três lados: duas versões e a verdade. O tempo é o senhor das razões. Em 2012, com o fim da minha união estável, todas as minha obrigações foram definidas pela Justiça, inclusive a pensão. Em 2015, quando a minha vida graças a Deus começou a mudar, além do acordo da pensão, passei a oferecer um valor a mais, além de todos os outros pedidos. Quero deixar bem claro que não foram só dez salários mínimos", disse ele, que não conteve a emoção. "É difícil demais estar falando disso aqui."

O cantor ainda explicou o motivo de ter esperado tanto tempo para se pronunciar. "Me mantive em silêncio durante esse tempo todo porque por mais que eu seja uma pessoa pública não queria que os meus filhos sofressem a consequência dessa fama. Quando surge qualquer assunto que diz respeito a eles, a melhor forma de se resolver é a que eles sejam o menos afetados. É muito difícil ver tudo isso que vem sendo publicado. O Yhudy não vai ter essa idade para sempre, ele vai crescer. Eu não quero jamais que ele veja o pai falando da mãe. Muitos de vocês gostariam de compreender mais a fundo essa situação, mas não acho saudável para o futuro dos meus filhos tornar isso ainda mais exposto. Meus filhos e a minha família não precisam passar por isso. Com esse acesso à internet é impossível preservar e blindar eles de toda essa situação", disse ele.

Nenhum comentário: