TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA - OPERANDO EM CARÁTER EXPERIMENTAL

domingo, 3 de junho de 2018

Neide Moura é eleita prefeita de Umari com mais de 600 votos em eleição suplementar

A candidata da coligação ‘Umari, juntos para servir’, Marineide Pinheiro Moura (Neide) foi eleita prefeita do município de Umari, na região Centro-Sul do Ceará, em eleição suplementar realizada neste domingo, 3. Houve comemoração na cidade e na zona rural, com carreata, buzinaço e queima de fogos de artifício. Ela é empresária e mora na cidade de Cajazeiras, na Paraíba.

De acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Neide Moura obteve 2739 votos (56,90%) e Ana Paula Viana, 2075 (43,10%). A diferença, portanto, foi de 664 votos.

Foram registrados 59 votos em branco (1,17%) e nulos, 157 (3,12%). A demora na divulgação dos dados deveu-se ao fato de que a leitura das mídias eletrônicas (pendrive) foi feita no Cartório Eleitoral de Icó, sede da 15ª Zona Eleitoral (Icó, Orós e Umari).

Neide Moura e o vice-prefeito, Alex Ferreira, foram eleitos para o mandato tampão até 31 de dezembro de 2020. O prefeito eleito em outubro de 2016, Alexandre Barros Neto, e a vice-prefeita, Laura Lustosa Ribeiro, foram cassados por decisão do pleno do TRE e do TSE por ‘compra de votos’.

Eleição

A eleição suplementar neste domingo foi tranquila em Umari mediante o reforço policial de 44 homens da Polícia Militar, nove viaturas, e mais duas equipes em duas viaturas da Polícia Federal.

A maioria dos eleitores decidiu votar pela manhã, gerando filas nos 11 locais de votação e 24 urnas. Umari tem 6287 eleitores aptos a votar. Compareceram, 6200.

Propostas

A prefeita eleita, Neide Moura, disse que vai priorizar ações nos setores de Educação e Saúde. “Vamos melhorar o atendimento, reformar o Hospital Municipal, colocar o salário dos servidores em dia, e também solicitar ao governo do Estado a construção da rodovia interligando Umari à cidade de Baixio que é de terra, um trecho de apenas 10 quilômetros”.

Neide Moura já foi prefeita de Umari. Em 2016, tentou a reeleição, mas perdeu por quatro votos. Ela obteve 2521 votos e o então candidato da oposição, Alexandre, 2525.

DN Centro Sul
jornalista Honório Barbosa

Nenhum comentário: