TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Copa do Mundo 2026: Candidatura tripla vence Marrocos, e Estados Unidos, Canadá e México serão sedes

Estados Unidos, Canadá e México serão as sedes da Copa do Mundo de 2026.

Essa foi a decisão das 203 associações de futebol que votaram nesta quarta-feira, no 68º Congresso da Fifa, em Moscou, capital da Rússia.

A candidatura tripla, que ganhou apoio do presidente norte-americano Donald Trump, se fortaleceu nas últimas semanas e entrou como favorita, bateu os africanos de Marrocos.

A única federação que não pode votar foi a de Gana, que foi dissolvida na última semana após o estouro de um escândalo de corrupção e compra de resultados envolvendo árbitros e dirigentes das mais diversas categorias.

Já locais como Samoa Americana, Guam, Porto Rico e Ilhas Virgens Americanas, que pertencem aos Estados Unidos mas possuem federações próprias e ligadas à Concacaf, optaram por não participar da votação.

A candidatura dos países norte-americanas já havia sido a mais bem avaliada pela Fifa, que realizou uma inspeção e deu nota 402,8 (de 500). Marrocos, que tentou sediar o Mundial pela quinta vez, havia conseguido nota bem menor: 274,9.

De acordo com Estados Unidos, Canadá e México, a primeira Copa com 48 seleções terá 16 sedes e 23 estádios, todos já em funcionamento e que precisarão apenas de pequenas reformas ou modernizações. A média de lugares disponíveis é de 68 mil lugares por arena.

A promessa feita à Fifa é de gerar uma receita de US$ 14 bilhões (R$ 52 bilhões) e US$ 11 bilhões (R$ 41 bilhões) de lucro para a Fifa.

"Muito obrigado por essa incrível honra. Será um incrível privilégio sediar essa grande competição em 2026", festejou Carlos Cordeiro, presidente da US Soccer, a Federação de Futebol dos Estados Unidos, no discurso de agradecimento.

Já Marrocos planejava fazer o torneio em 12 sedes e 14 estádios, dos quais seis precisariam ser construídos do zero. A previsão de lucro também era grande (US$ 5 bilhões, ou R$ 18,6 bilhões).

Nenhum comentário: