TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Reservas do Palmeiras recebem boa chance em jogo que pode decidir eliminação do Boca

Apesar dos bons resultados na Copa Libertadores, o Palmeiras não está tranquilo. Mais uma derrota para o Corinthians deixou o ambiente pesado na Academia de Futebol. Agora a equipe vai disputar novamente um jogo da competição sul-americana, contra o Junior Barranquilla, em casa. Como o Verdão já está classificado, será uma grande oportunidade para reservas mostrarem serviço, em uma partida que pode até causar a eliminação do Boca Juniors. O jogo acontecerá nesta quarta-feira (16), às 21h45 (de Brasília).

A situação do grupo é a seguinte: líder disparado, o Palmeiras tem 13 pontos. O Junior está em 2º, com 7. O Boca tem 6 e enfrentará o eliminado Alianza Lima, que tem 1. Portanto o time argentino precisa vencer os peruanos e ainda torcer para o Verdão bater o Junior.

Essa missão ficará com os reservas do Palmeiras, já que o time titular está com alto desgaste físico. A única exceção é Dudu, que está suspenso por um jogo no Campeonato Brasileiro, então enfrentará o Junior.

Contra o Alianza Lima, esses reservas tiveram ótima atuação e saíram com a vitória fora de casa. Agora o desafio será mais difícil, mas será uma boa oportunidade para alguns jogadores ganharem mais oportunidades, principalmente no setor ofensivo. Guerra, por exemplo, ameaça a vaga de Lucas Lima. Hyoran pode ser o substituto de Dudu por uma partida no Brasileirão. E Willian é uma sombra permanente para Borja, que foi muito mal contra o Corinthians.

Uma provável escalação do Palmeiras para enfrentar o Junior tem Fernando Prass; Mayke, Thiago Martins, Luan e Victor Luis; Thiago Santos, Tchê Tchê e Guerra; Dudu, Hyoran e Willian.

O Junior vai com força total, mas alguns jogadores não estão disponíveis por lesão, como Germán Gutierrez, Yonatan Murillo e Jefferson Gomez. Uma provável escalação do time tem Viera; Piedrahita, Ávila, Pérez e Arias; Cantillo, Pico e Hernández; Yimmi Chará, González e Téo Gutierrez.

Uol

Nenhum comentário: