quarta-feira, 9 de maio de 2018

Apoio nos estados tende a unir PSB ao pedetista Ciro Gomes

A desistência do ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa em disputar a Presidência da República pode empurrar o PSB para uma aliança com Ciro Gomes em prol de composições para a disputa de governos estaduais.

Dentre os partidos com pré-candidatos ao Palácio do Planalto, o PDT é o que tem mais pontos de contato com o PSB nos estados.

Com 11 pré-candidatos a governos, o PSB não terá o apoio do PSDB em nenhum estado e deve ser apoiado pelo do PT apenas na Paraíba e em Tocantins. Já o PDT pode firmar alianças com o PSB em até oito estados.

"É óbvio que esse jogo dos palanques estaduais vai entrar na conta [de uma aliança nacional]. Temos aproximação com o PSB em vários estados, em outros nem tanto. Mas precisamos saber primeiro se o PSB quer esse diálogo", diz o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi.

Folha de S. Paulo 

Nenhum comentário: